Tuesday, 27 July 2021 04:04 GMT

CGTN: Peng Liyuan clama pela educação das mulheres e a redução da pobreza


(MENAFN - PR Newswire) PEQUIM, 22 de julho de 2021 /PRNewswire/ -- Peng Liyuan, esposa do presidente chinês Xi Jinping, participou na terça-feira do fórum Shanghai Cooperation Organization (SCO) sobre educação e redução da pobreza por meio de vídeo.

Peng, que também é enviada especial da Organização das Nações Unidas para a Edução, a Ciência e a Cultura (UNESCO) para o avanço da educação de meninas e mulheres, declarou que eliminar a pobreza e abraçar a felicidade são as aspirações comuns de todas as mulheres. Ao receber educação, conhecimentos e habilidades, as mulheres podem ter o poder de sair da pobreza.




CGTN: Peng Liyuan clama pela educação das mulheres e a redução da pobreza

Graças aos esforços incessantes da China, o país conquistou uma vitória na luta contra a pobreza extrema, e centenas de milhões de mulheres chinesas saíram da pobreza, disse ela, acrescentando que a China adotou uma série de medidas para garantir a igualdade de acesso das mulheres à educação e torná-las beneficiárias, participantes e contribuintes na redução da pobreza.

Peng disse que a redução da pobreza por meio da educação das mulheres terá um forte impulso se um país atribuir grande importância à questão, as organizações sociais apoiarem ativamente a causa e as pessoas de todas as esferas da vida fizerem contribuições desinteressadas.

Ela mencionou como o governo provincial de Guizhou motivou mais de 500.000 mulheres a trabalhar em casa, mediante o desenvolvimento de um setor de artesanato feito por mulheres, como mais de 3 milhões de meninas pobres puderam concluir sua educação sob o projeto Spring Bud financiado a nível nacional, e como um professor chamado Zhang Guimei fundou uma escola secundária gratuita em uma área empobrecida que ajudou quase 2.000 meninas a entrar na faculdade.

Com 435 milhões de mulheres ainda vivendo na pobreza no mundo, a lacuna de gênero na educação continua sendo evidente, disse Peng, acrescentando que a pandemia da COVID-19 propõe novos desafios para reduzir a pobreza das mulheres.

Nos últimos 20 anos, desde a criação da SCO, as mulheres dos Estados Membros têm seguido o "espírito de Xangai", trocando experiências sobre o desenvolvimento das mulheres, promovendo a cooperação em várias áreas e contribuindo para o avanço da cooperação da SCO, disse Peng.

Precisamos unir nosso amor e fazer esforços duradouros, continuar a aprofundar a cooperação na educação das mulheres e na redução da pobreza, permitir que a educação traga uma luz de esperança para as mulheres e fazer com que elas desfrutem de oportunidades para viver uma vida harmoniosa, disse ela.

O fórum é organizado em conjunto pela Federação de Mulheres da China (ACWF), o Comitê de Boa Vizinhança, Amizade e cooperação da SCO e a Secretaria da SCO.

Vídeo -

FONTE CGTN

Related Links


SOURCE CGTN

Modal title

MENAFN22072021003732001241ID1102494539


Legal Disclaimer:
MENAFN provides the information “as is” without warranty of any kind. We do not accept any responsibility or liability for the accuracy, content, images, videos, licenses, completeness, legality, or reliability of the information contained in this article. If you have any complaints or copyright issues related to this article, kindly contact the provider above.